sexta-feira, 14 de maio de 2010

livros

Eu, a Luciana (do Fazendo Arte) e a Ana Gabriela estamos sempre envolvidas no nosso informal "Clube de Leitura". Trocamos livros pelo correio (pq quando morávamos perto era muito fácil, né gente?) e diminuímos um pouco nosso custo com literatura. Não só isso: diminuímos nosso estoque! Afinal, infelizmente, não dá para comprar TUDO, né?

A Dra. Luciana Leal do Minha Pele é Melhor que a Sua sugeriu uma campanha do tipo "esqueça um livro por aí" com um bilhetinho "LEIA-ME". O objetivo é proporcionar leitura a pessoas menos favorecidas.

Eu não faço isso com livros, pelo menos dos que gostei! Mas passo revistas adiante para as colegas ou as "esqueço" em aeroportos e locais públicos. Melhor do que jogar no lixo! Alguém pode se interessar e acabar lendo.

"Esquecer" jornais tb é uma ótima ideia.
Outro dia vi um jornal "esquecido" que passou por umas 8 pessoas. Durante uma manhã! Imaginem a possibilidade.

Começar a "esquecer" revistas, livros, jornais em consultórios, fila do INSS, rodoviárias, aeroportos, salões de beleza, banheiro de shopping, hoteis, onde você estiver: não é uma boa ideia? Contamine a população com o hábito da leitura!

Para libertar ou encontrar um livro, você pode se cadastrar no site LIVRANDO.COM.BR. Ali você pode fazer o download da etiqueta que vai ser colada no livro. Eu não me cadastrei, pois deixo publicações em locais aleatórios, mas a ideia da etiqueta é interessante.

Outra opção: o projeto Incentivo à Leitura. Reproduzo:

Um livro não deve servir só para enfeitar sua estante. Ele é pra ser lido e, se possível, por várias pessoas.

Mas, muita gente ainda não tem acesso à leitura porque livros custam caros. Seus problemas acabaram, o Divã do Masini promove o projeto de cunho cultural " Incentivo à leitura; esqueça um livro" que vai dar aquela forcinha pra galera.

É só você pegar aquele seu livro legal e o “esqueça” em algum lugar (tudo bem até aqui?).

Agora começa a complicar...

Antes de esquecer o livro, no verso da primeira capa você deve escrever e/ou digitar e colar o seguinte texto:

Olá, tudo bem?

Achou esse livro*? Então você faz parte da nova corrente cultural de incentivo à leitura “esqueça um livro”. Essa corrente não tem ligação alguma com religião, política ou instituição particular ou pública. A primeira coisa que você deve fazer é ler o livro, claro.

Ao termino da leitura preencha os dados solicitados na última capa e deixe o livro em outro lugar para que outra pessoa possa ler. As informações pedidas não irão comprometê-lo (a). São dados apenas para controle da corrente cultural. Campos preenchidos é só enviar um e-mail para divadomasini@gmail.com (acrescentar o seu e-mail) nos contando a experiência.

*Essa corrente cultural é um incentivo à leitura e se trata de uma iniciativa do
Blog Divã do Masini (www.nossanoite.com.br/divadomasini)

PS: Você deve acrescentar o seu e-mail e manter o meu, não só por que essa iniciativa é minha, mas porque quero tentar fazer um controle maior da promoção.

Agora você escreve e/ou digita e cola no verso da última capa (várias vezes, até o final do livro) os seguintes dados para preenchimento da pessoa que encontrar o livro:

Nome:
Cidade:
Local que achou o livro:
Tempo que levou para ler o livro:

Escreva também no final dos dados acima isso: Aumente a corrente. Esqueça também um livro seu. Copie as mesmas informações da primeira capa e as desta folha no livro que você irá esquecer.


E você? Já libertou algum tipo de publicação?
Conta pra gente!

2 comentários:

  1. Livros eu ainda não "esqueci" por aí, mas revistas já foram muitas!

    ResponderExcluir
  2. Revistas são mais fáceis de "esquecer" do que livros;)

    ResponderExcluir

Deixe um recado, opinião ou sugestão, suas palavras são muito bem-vindas! Eu leio tudo! Prefiro responder por email, pois é mais rápido. Siga-me também pelo Facebook. Volte sempre!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Posts mais recentes: