terça-feira, 13 de março de 2012

Arrependimentos




Saiu no facebook ontem: só gente burra e mentirosa não se arrepende de nada.
Bem, em primeiro lugar, respeito é bom e todo mundo gosta. Não tem aquela campanha rolando por aí, toda bonitinha, cheia de florzinhas, “gentileza gera gentileza”, coisa e tal? Como eu digo sempre, é melhor ser gentil na prática do que carregar uma etiqueta por aí.

Pois eu entrei na discussão e disse que não me arrependo de nada. Não adiantou muito, pois continuei sendo tachada de burra e mentirosa. Tanto faz, pois a carapuça não serve. Nenhuma delas. Sempre suspeito de que pessoas que jogam pedras no facebook e gostam de generalizar têm problemas de aceitação, ou de maturidade.

Só quero ressaltar alguns pontos.

1º - Nem todas as pessoas são iguais. Não dá para generalizar e colocar todos na mesma categoria.
2º - Eu não me arrependo de nada por que vivo o momento presente. Se fiz algo errado, azar, já passou. Errei, aprendi, vamos em frente. Não vou ficar chorando sobre o leite derramado a vida toda. Aliás, já esqueci.
3º - Não preciso mentir para ninguém, nem para mim, muito menos para quem eu não conheço. Essa afirmação é até risível. Não preciso ser perfeita, pois o melhor da vida é que ela é imperfeita.
4º - Se você se arrepende do que fez, vire-se. Problema seu, não meu. Sinceramente, eu não estou nem aí.
5º - E antes que me perguntem, eu também não tenho remorsos. Nunca traí ninguém, nunca roubei, nunca matei, nunca enganei. Consciência tranquila.

Ah, tem mais uma coisa: errar e aprender chama-se viver. É bom anotar isso na agenda. Ou procurar um bom dicionário. 


6 comentários:

  1. Perfeito! Eu acredito imensamente nisso, pois só aprendemos errando, sofrendo e magoando....
    Todos passamos por essas fases, a diferença eu acho que, reside em quem aprendeu e parou de cometer o mesmo erro e aquele que esquece de aprender e permanece no erro, aí é claro vive no eterno arrependimento.

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi Patty! Com certeza as pessoas não são iguais e não podemos ficar julgando, assim é o mundo cheio de diferenças, não tem como ficar colocando rótulos.
    Eu ao contrário de você me arrependo de muita coisa que fiz, coisas que se tivesse a chance faria diferente, mas o que adianta ficar pensando nisso... não dá, só gera sofrimento... então é isso aí, aprender com os erros e não fazer novamente e se puder ajudar a não cometer os mesmos... ótimo!
    Bjos, Lú.

    ResponderExcluir
  3. Ualllllllllllllllll,essa é a Patty!!!Beijokass amiga!

    ResponderExcluir
  4. Concordo com muito do que vc disse, mas me arrependo de coisas que fiz. Claro que a gente cresce, aprende e, se for boa pessoa, corrige os erros (ou pelo menos tenta). Mas a questão do arrependimento depende de como cada um lida com as coisas.
    Ser tachada de mentirosa e burra? Por favor, isso é tão infantil, imaturo... quantos anos tem essa pessoa?

    ResponderExcluir
  5. Oi,Paty!
    Ô minha amiga... Só ainda agora é que li este post... Mas olhe, até o conceito de "se arrepender" depende de um ponto de vista... E até o sentido de "arrependimento" pode variar de pessoa para pessoa... É algo tão subjetivo para mim!
    Eu penso assim, existem momentos na nossa vida que a gente olha pra trás e "sente" não ter sido ou feito o que deveria...Mas realmente não existe a "volta", e temos apenas de aceitar o momento vivido que ficou para atrás, e tentar melhorar o possível no futuro ou presente que se vive...E nisso,se aplica mais o conceito de "aprendizagem" do que de "arrependimento". Mas acho esse conceito fechado de "arrependimento-clássico" realmente muito pesado e difícil de se definir.
    E penso que as colocações verbalizadas das pessoas deveriam ser bem mais educadas,sábias e menos agressivas... Respeitar o jeito de pensar de cada um é sinônimo de maturidade e paz de espírito... E levar à todos uma palavra que "edifica" , sempre alimenta o nosso espírito...Pena mesmo que muitas pessoas realmente sejam imaturas, e para "chocar" e chamar a atenção alheia, generalizem conceitos e se julguem donas da verdade!
    Mas olhe,minha amiga, eu entendi bem o teu modo de pensar, e o acho bem objetivo,saudável e positivo... Por isso, não se deixe ficar chateada por essas "opiniões pseudo-moralistas" que povoam ,infelizmente, os cantinhos estranhos da internet... O melhor de tudo é a gente se sentir bem com Deus e a gente mesmo,ter paz na consciência e deixar as "opiniões não edificantes" dos outros para atrás... Há sempre um mundo novo, mais bonito e mais iluminado para aqueles que tem um coração aberto e aprendem a navegar no turbulento e belo mar da existência...Pois nesta vida,somos todos,sempre, curiosos "marinheiros", e jovens aprendizes...

    Te envio o meu carinhoso abraço solidário, e um beijo no teu generoso coração...
    Teresa

    ResponderExcluir

Deixe um recado, opinião ou sugestão, suas palavras são muito bem-vindas! Eu leio tudo! Prefiro responder por email, pois é mais rápido. Siga-me também pelo Facebook. Volte sempre!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Posts mais recentes: