quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Como limpar giz de cera das paredes

Eu jamais pensei que fosse postar algo assim. Olhando aqui para os dois pequenos, eu acho que eu não fui criança, fui um perfeito anjo (ou uma perfeita pateta, depende do ponto de vista). 
Logo na primeira semana eu, claro, dei giz de cera para o mais velho brincar. Giz de cera e papel. Toda empolgada com o potencial de aprendizado dele. Quando vimos, ele havia riscado as portas internas da casa (brancas) e as paredes (azuis). A Dona Maria conseguiu limpar com acetona. Pensando bem, eu nem quis ver o estrago. 
Aprendi a lição. Giz de cera, agora, só com um adulto ao lado. E mesmo assim, ele conseguiu pintar um banco de plástico (branco, claro). Bom, o plástico é fácil de limpar. 
E há dois dias a vovó deu giz de cera para ele brincar no quarto, sozinho (estamos na praia). Quando eu vi, ele estava quietinho, na cama, amassando folhas de papel. "Querido, só não risca as paredes, tá?" "Tá". Não se passaram 10 minutos e eu fui lá. Não havia um pedaço de parede que não estivesse riscado. Eu entrei em choque. 
Mas a minha irmã, juro, é um gênio da limpeza. Sacou o vidro de CIF, um pano e um balde com água e limpou tudo. 



5 comentários:

  1. voce nao rabiscava as paredes? eu nao olhava pras paredes...andava a metros de distancia da parede!!!

    crianças + giz de cera = parede pintada

    solução: giz comum de lousa!! sai com agua pura, nem precisa esfregar!

    ResponderExcluir
  2. Oi Patty! As coisas vão mudando... diquinhas preciosas !
    Anteontem, tomei um belo banho de mangueira, pedi que a Fofa me ajudasse a molhar o jardim, bem ela estava com um regador... tudo bem, mas depois o avô disse que seria legal dar a mangueira para ela molhar, a 1ª vez foi acidente, mas ela achou tão legal que fez novamente e até eu conseguir fechar... fiquei toda molhada... e um pouquinho brava...
    Bjos, Lú.

    ResponderExcluir
  3. Patty: desconfie sempre do silêncio destes pequenos. Ou estão dormindo ou aprontando!!! kkkk Aqui em casa até meu sofá levou uns riscos de canetinha....e foram alguns minutos de descuido apenas... Bjos, Lu

    ResponderExcluir
  4. Criança quieta é sinal de traquinagem pura, não brigue apenas pense que você vai ter que pintar a casa assim que eles mudarem de fase. Invista em lápis de cor normal e deixe rolar, você terá paredes riscadas, porém como recompensa terá minutos preciosos de silencio e tranquilidade....rsrs

    P.S.: eu deixei a Vitória fazer isso e muito mais. Meu sossego vale ouro...kkk

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Ah,amiga...Já "sofremos" tanto com estas "artes da primeira infância"! (Rs...) No início a gente até fica nervosa, mas depois, a tendência é ir relaxando os ânimos e se acostumando com estas pequenas e notáveis "intervenções artísticas"! (Rs...) O nosso Daniel por exemplo,quando era pequeno, amava tanto desenhar nas paredes, que no final, decidimos deixar uma das paredes do quarto dele exclusivamente para ele usar, e assim, ele foi diminuindo com aquela "voraz vontade" de desenhar por todo o lugar possível da casa...(Rs...) Claro que pra chegar até esse "estágio evolutivo", ele já tinha seus quase 4 anos, e foi uma dura batalha entre nosso "exército de limpeza" e os "instintos artísticos" dele,mas houve um bom progresso com este venerável acordo...(Rs...) Já com o David, a "guerra" sempre foi mais difícil, pois como filho caçula e mais protegidinho pelas avós, ele tinha o instinto "guerrilheiro" e não queria obedecer à "acordos"nenhum...(Rs...) Mas tudo é apenas uma fase no desenvolvimento das crianças, e passa tão rápido que logo só ficam mesmo as boas e gratas lembranças...Melhor não estressar demais, e depois, pintar as paredes! (Rs...)
    Beijos pra você e para os seus pequenos pintores!!!
    Teresa

    ResponderExcluir

Deixe um recado, opinião ou sugestão, suas palavras são muito bem-vindas! Eu leio tudo! Prefiro responder por email, pois é mais rápido. Siga-me também pelo Facebook. Volte sempre!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Posts mais recentes: