sábado, 1 de agosto de 2015

Como ver filmes com crianças pequenas em casa (meu manual particular)

Nós temos visto filmes infantis, para chegar a um tipo de paz, mas a minha mãe se revoltou e disse que estava com saudade de nossos filmes. Então ontem separei os episódios do Castle e deixei de prontidão. Os meninos viram Tico & Teco até depois do banho. E depois de um lanche (muito calor para jantar), anunciei que a TV era nossa e que a escolha era da vovó. Nenhuma novidade.
Mais Velho queria filme de pirata.
O Bebê queria filme de dragão.
Fui firme. Agora é a vez das mulheres da casa. 
Apagamos todas as luzes da casa e só deixamos uma meia luz acesa na salinha de TV. Os guris viram 5 minutos da série e daí começou. O bebê levou cerca de 70% dos brinquedos para o sofá. E como não cabia mais nada no sofá, ele foi até a estante, buscou a casinha da Polly e ficou brincando no chão. 
Daí o Mais Velho se empolgou. Pegou uma sacola de brinquedos para brincar junto com o maninho. Eu disse "não! Junto não - brinca ali, perto da parede. Pega um pufe para brincar". Ele ficou todo contente, pois podia brincar e dar uma olhada na televisão de vez em quando. Mas ao contrário do Bebê, o Mais Velho não se concentra por muito tempo. Então depois de uns 20 minutos, digamos, ele já estava na sala, gritando que estava escuro, o Bebê foi atrás, eles começam a brigar e entre trancos e barrancos pausei a TV para um castigo.
Um de castigo, outro no sofá. Recomeçamos a ver TV e o bebê olha para a vovó, como sempre: "quero leite". Pausa na TV. 
Senta para esperar o leite. "Não consigo sentar". Sim, porque ele encheu o sofá de brinquedos. Abre um espacinho, tira essa moto daqui. Agora deu. 
Tomado o leite, inquietude, tenho uma solução: "quem quer o tablet?".
Cada um pega o seu tablet, cada um permanece em uma sala diferente e daqui a pouco um quer o tablet do outro. Pelo menos não dá briga. 
E conseguimos ver TV. 
Até os meninos dizerem: "mamãe, quero dormir".
Porque já chega mesmo. 

2 comentários:

  1. é bem assim mesmo, tá normal, beijos

    ResponderExcluir
  2. Ai, Patty, se eu já sofro com uma criança, imagino vc com duas!
    É verdade que quando ele era menor era muito mais difícil. Hoje, com 8 anos, entende melhor que tem a hora dele e a hora dos adultos de ver programas e filmes na tv. O que não quer dizer que ele sempre colabore...
    Às vezes ele fica interrompendo e perguntando tudo da história que estamos assistindo. Em outras ele faz manha. Às vezes pega o tablet e se distrai. Mas é fato que a gente fica muito limitada ao humor deles, e tem dias que a gente precisa de uma paciência enorme para fazer as coisas mais simples!

    ResponderExcluir

Deixe um recado, opinião ou sugestão, suas palavras são muito bem-vindas! Eu leio tudo! Prefiro responder por email, pois é mais rápido. Siga-me também pelo Facebook. Volte sempre!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Posts mais recentes: