terça-feira, 6 de maio de 2014

Sobre Meninos

Não sei muito sobre bebês, porque, vocês sabem, sou a bebê da família! 
Então nesses últimos 6 meses tive que absorver muita informação sobre bebês em faixas etárias um pouco diversas. Sorte que tem o Google!
Mas eu explico.

Com o bebê ainda engatinhando e aprendendo as primeiras palavras (a campeã é "mamãe" e a mais utilizada é "Cacau") e o Mais Velho naquela fase terrível (entre 2 anos e meio e 3 anos), tive que apelar para livros, sites de informações e amigas que são mães. 

E daí aqueles detalhes ínfimos com os quais você nunca vai se preocupar na vida, demonstram que têm uma importância crucial. 

O tipo de fralda (e como trocar) - o Mais Velho pode usar até pano velho, mas o bebê só pode usar Pampers ou Turma da Mônica. Nenhuma outra fralda é segura nos quesitos alergia + segurar o xixi. E não, eu nunca tinha trocado uma fralda antes. 
Assaduras - quem diz que eu sabia que o creme de assaduras deve ser usado a cada troca de fralda? Vivendo e aprendendo.
Lenços umedecidos - depois de centenas de trocas, descobri que o melhor de todos é o da Pampers. E dá para comprar o pacotão com mais de 100 lenços. Iupi. 
Xampu - qual o que não arde no olho? Depende do filho. O Mais Velho reclama até do Johnson's. O bebê é mais resistente, mas não pode usar qualquer xampu, especialmente no verão, ou fica cheio de brotoejas. 
Meias - lembra quando você trocava meias nas suas bonecas? Aposto como era muito mais fácil do que trocar num bebê ou num menino que não para quieto. E não compro mais meias vagabundas. As de solado emborrachado são as melhores, principalmente na hora de dormir, quando tem aquele sobe e desce da cama.  
Hora de dormir - é mais fácil deixá-los cair de sono no sofá da sala, vendo TV. Isso acontece cedo e ninguém se estressa. Tá, é maldade, mas eles dormem cedo mesmo. E o Mais Velho só queria dormir na cama da vovó, lembram? Acabei descobrindo que isso é normal na idade dele. Ufa. 
Brinquedos - eles destroem todos. É melhor dar brinquedos de borracha e de pelúcia. Pelo menos esses duram mais e os meninos são carinhosos com eles. Os carrinhos? Melhor nem comentar. 
Ócio - é preciso não deixar o menino Mais Velho ocioso. Eu costumava dizer "sai pra rua, vai brincar". O guri não sabia o que fazer e era um desastre. Agora eu digo com o que ele vai brincar ou dou opções: desenhar, carrinhos, jogo de ferramentas, jogo de fazendinha, de montar, recortar papel... 
Balão - estourou? Corre e joga no lixo. Eu jamais pensei que um balão fosse perigoso, mas esses meninos colocam tudo na boca. Eu ando olhando desconfiada até para as meias.
Desfralde - eu nunca pensei que um menino fosse ter amor à sua fralda. Aprendi a duras penas que é assim, e só com muito esforço e um verão inteiro  de persistência (e metade do outono) conseguimos reduzir o uso de fraldas. Agora o Mais Velho só as usa para dormir. O impulso final veio no feriado com esse dvd, que uma amiga emprestou:




O vídeo que trata do tema "penico" pode ser assistido aqui, se alguém tiver interesse. Eu já vi mais de 10 vezes. Mas valeu muito a pena.

2 comentários:

  1. É, a gente tem de aprender muito e rapidamente com estes meninos! E cada um é diferente do outro, só na base da experimentação mesmo! Beijos, Lu

    ResponderExcluir
  2. Pois é,Patty, essas coisas de criar filhos são complicadas mesmo,né? E mesmo hoje,com o meu mais velho sendo um adolescente de 17 anos (com barba na cara! Rs...) Ainda me impressiono com os desafios do dia a dia...Ou seja, ser mãe é mesmo uma grande aventura! É claro que quando eles são pequeninos, os cuidados são dobrados e haja energia e paciência pra se dar conta de tudo...(Rs...)São tantos detalhes e tantas dúvidas!!! E quando você acha que já está tirando de letra uma tal fase, a gente encontra sempre uma nova etapa pela frente! (Rs...) Mas pelo menos melhora bastante quando eles vão ficando mais independentes e as fraldas deixam de nos incomodar...Mas então, eles vão para a escolinha e um novo mundo se abre à nossa frente,como numa nova "continuação" de um filme épico...Haja coragem e coração,amiga! (Rs...) Mas sabe, como dizia a minha avó, no meio disso tudo, Deus sempre nos dá uma ajudinha, e a gente sempre consegue dar conta do recado! (Rs...)
    Beijinhos pra ti e os lindos filhotes!!!
    Teresa

    ResponderExcluir

Deixe um recado, opinião ou sugestão, suas palavras são muito bem-vindas! Eu leio tudo! Prefiro responder por email, pois é mais rápido. Siga-me também pelo Facebook. Volte sempre!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Posts mais recentes: