terça-feira, 5 de julho de 2011

O Mal Negro





Esse livro chegou ontem e eu já li. 
É um romance curto, dividido em três partes. O protagonista é tão infeliz que vive repetindo: "dê-me uma bomba e eu explodiria..." o quê? O mundo todo, talvez. Ele não consegue ser feliz com ninguém, em lugar nenhum. No final, há um sopro de esperança, quando ele parte em busca de um amigo, afinal, conclui, não importa onde moremos. Excelente livro. 



Sinopse - O Mal Negro - Nina Berberova

Evgueni, um emigrado russo que perdeu a mulher há nove anos num bombardeio na França, descobre que os brincos de diamante dela, penhorados num monte-de-piedade como preciosos, nada mais valem. Uma das pedras traz em si uma terrível deformidade: o mal negro. Partindo dessa metáfora, Nina Berberova constrói um delicado e implacável romance. Em sua busca de refúgio real ou inventado - Drujin, o amigo de Chicago -, o protagonista encontra Alia, a moça que divide com ele um quarto em Paris e que lhe permite, com isso, juntar dinheiro para embarcar para Nova York, e Liudmila, a filha de seu patrão nova-iorquino, um amor infeliz e impossível. Nenhuma das duas consegue devolver a Evgueni, pedra em que o mal se alastra, o gosto pela vida e a vontade de criar raízes, renegando a errância tão comum aos exilados eslavos.

2 comentários:

  1. Olá Patty, esse livro é uma boa indicação. Obrigada pelo carinho.
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Bem o protagonsta parece triste, mas vejo que o livro é empolgante, uma vez que o leu em tempo record.

    Abraços

    ResponderExcluir

Deixe um recado, opinião ou sugestão, suas palavras são muito bem-vindas! Eu leio tudo! Prefiro responder por email, pois é mais rápido. Siga-me também pelo Facebook. Volte sempre!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Posts mais recentes: