domingo, 2 de outubro de 2011

Dia 08: Roma à noite - 29 de setembro


Esse é um pacotinho opcional bem legal oferecido pela Condor. Basicamente, é um passeio a pé pelas ruas de Roma, mas com a garantia de não se perder e de ir direto nos pontos principais. Para quem está se perguntando, parece que Roma não dorme e é uma cidade segura: andávamos por lá às 11h da noite, nós e todo mundo, os restaurantes lotados, música em todos os lugares.
A iluminação da cidade é suave, o que torna tudo um encanto e, ainda por cima, realça os monumentos, prédios históricos e ruínas. 

Coliseu

Deixem tudo isso para lá, o que me tirou mesmo o fôlego foi a Fontana di Trevi à noite. Eu dobrei a esquina e dei de cara com ela: fiquei boquiaberta. Nunca pensei que ela fosse tão grande. Enquanto o guia dava as explicações, puxei a mão da mãe e fomos chegando perto. Preciso dizer que o local estava lotadinho??? Enfim, conseguimos chegar bem na fonte e jogar as moedinhas! Eu nem acreditava!

Fontana di Trevi - o povo todo lá!

Incrível, mas consegui chegar. Se fosse no Brasil, acho que eu não chegaria.

Há pessoas que não compraram o pacote opcional e foram até lá de ônibus + metrô. Não sei se vale a pena, pois aí é só chegar na fonte e voltar para o hotel, ou então ficar dando voltas pelo centro até se perder de vez. Depende de cada um. Bom, para quem está hospedado bem no centro, é tudo mais fácil. No nosso caso, o chato foi o estilo do guia, que gostava de dar aula de história e criticar a sociedade.

Piazza de la Rotonda.

Pantheon

 Claro que eu me perdi do grupo.... não, não foi tirando fotos, foi comprando presunto numa mercearia! Sim, isso são coisas que acontecem comigo, mas a Mama queria algo salgado, eu vi a mercearia e fui até lá, depois o grupo andou e eu fiquei sozinha em uma praça, em Roma. Uma praça movimentada, claro, mas mesmo assim...
Em minha defesa, o presunto teve que ser cortado na hora, em fatias bem fininhas, e o moço ainda parou para atender duas garotas que não sabiam se levavam uma água mineral ou duas, com gás ou sem gás, grande ou pequena. Era de dar nos nervos! Mas voltando à história.
O que eu sabia era que o tour estava no final e que nos encontraríamos na Piazza Navona, então saí perguntando. Só precisei perguntar duas vezes. Na segunda, foi para um policial que eu achei numa esquina. Pedi a informação em italiano, claro. Mas vejam só: eu morrendo de pressa e ele me dizendo para me acalmar, me sentar um pouco, vocês imaginam a cena? Eu queria dizer que não podia, pois o guia estava correndo e, no final, foi isso o que eu disse mesmo... em inglês. Por pouco eu não sacudi o policial!  Não sei o que ele entendeu, mas me deu a indicação precisa da praça. Será que ele achou que o guia estava fugindo de mim? Ou será que é normal encontrar turistas ofegantes pelas esquinas de Roma todas as noites?

é uma fonte na Piazza Navona

Cheguei à Piazza Navona, onde o guia estava parado.... há uns 10 minutos. E ficamos ali por mais 30 minutos. É mole? Eu nem precisava ter corrido tanto!
Para fechar a noite, o ônibus nem conseguiu chegar no hotel, nos largou meia quadra antes, o que foi sorte, pois achei que iríamos pernoitar no ônibus. Ele enguiçou 3 ou 4 vezes e o motorista ainda se perdeu. É mole? Já passa da 01h da manhã e precisamos acordar às 06h30min, ou seja, daqui a pouco. Fui!

4 comentários:

  1. que delicia de viagem...e a fonte dos desejos eu assisti o filme quando era mais jovem...faz muiiiito tempo.......bjs e bjs na mama

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que achastes o restante do grupo. Pelo menos o presunto valeu a pena??? ;)

    ResponderExcluir
  3. Patty, obrigada pelo carinho lá no blog, eu andei sumidinha mas estou adorando tua viagem, o presunto de lá é tão bom né, bem melhor que o nosso, eu amooo, bjos, uma linda semana,amiga.

    ResponderExcluir

Deixe um recado, opinião ou sugestão, suas palavras são muito bem-vindas! Eu leio tudo! Prefiro responder por email, pois é mais rápido. Siga-me também pelo Facebook. Volte sempre!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Posts mais recentes: