quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Sobre refeições

Lá estou eu no restaurante. Chegamos cedo, o pessoal ainda estava servindo o buffet. "O que vocês querem comer?", eu pergunto, sendo o bebê por eliminação - "quer feijão? Massa? Arroz?". O Mais Velho come azeitonas, massa, frango assado. O bebê come azeitonas (não pode ver!), batatinha, e claro, larga tudo para comer polenta. 

Em casa não tem essa variedade e eles comem o que tiver na mesa. Geralmente é feijão com arroz, ou massa, ou polenta com leite. O hit da estação é omelete.

Bem, estou eu lá no restaurante achando que meus meninos estão comendo pouco, quando ouço uma mulher que se aproxima anunciando: "não vamos almoçar, elas só querem comer porcaria". 
"Elas" são 3 meninas entre 8 e 10 anos que só entraram no restaurante para comprar salgadinhos.  


Meus filhos nunca comeram salgadinhos, bolacha recheada, nunca tomaram refrigerantes ou comeram balas. Raramente eu compro suco de caixinha, pois tem muitos conservantes. Eles não sabem o que é um wafer. Nem adianta oferecer cheeseburger, eles olham meio desconfiados e não comem. 

Um dia encomendamos o bom e velho "xis salada" para comer em casa. O Mais Velho, que aos 3 anos e meio nunca tinha visto um, o definiu assim: "é um pão com umas coisas dentro" e acrescentou: "Tem milho. Não gosto". 


E quanto às meninas do restaurante... nos olhamos com muita estranheza. 
Depois meus meninos comeram sobremesa, claro. Torta de bolacha, já que estava incluída no preço e no passeio. E estava uma delícia!

4 comentários:

  1. Oi, Patty!
    O paladar das crianças é formado ainda na barriga da mãe. Não adianta querer que os filhos tenham uma alimentação saudável se não damos o exemplo. Se as filhas dessa mulher só comem porcarias, vai ver que ela só compra porcarias para elas comerem. As crianças comem aquilo que os pais fazem para elas ou que compram para elas comerem. Até uma certa idade, controlamos... depois que eles aprendem a comprar sua própria comida, é rezar! (rs*)
    Beijus,

    ResponderExcluir
  2. Oi Paty,

    Parabéns pela educação alimentar de suas crianças. Em casa a coisa é um pouco mais complicada, mas não completamente desandada! No café da manhã e da tarde meus filhos comem bolacha de maisena, ou leite ou tipo Maria, tomamos muito leite, com café. Achocolatado eu compro uma lata pequena por mês para tomar de vez em quando. Quanto a alimentação salgada, não comemos muita tranqueira, as vezes uma vez na semana e olhe lá, mas meus filhos não comem salada, e legume refogado só alguns...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Patty,

    Você vai se chocar ainda mais quando os meninos forem para a escolinha e tiverem contato com outras crianças!

    Aqui em casa também não temos porcarias. Na geladeira nunca tem refrigerante, salgadinhos Elma Chips e similares nunca entraram aqui. Mas a escola às vezes faz um dia de recreação com piquenique e as crianças têm que levar um prato doce ou salgado. A gente se divertir, a mesa da cozinha virava uma "fábrica" de montagem de sanduíches, tudo fresquinho, de primeira. Aí meu filho vinha dizendo que fulano levou um pacote de salgadinho, que o outro levou um pacote de bolacha... Tenha dó!

    E em um passeio ao zoológico todos ganharam salgadinhos de lanche, mas meu filho odiou. Disse que era muito estranho.

    Refrigerante ele gosta, fazer o quê? Eu não tomo há 18 anos. Aqui em casa nunca tem, então ele só toma esporadicamente. Outro dia foi na casa da avó, que ofereceu suco e serviu Fanta. Ele achou o cúmulo e reclamou, rsrsrs...

    McDonald's nem preciso falar... tenho horror! Ainda bem que ele não curte também, mas ataca batata frita quando tem (outra coisa que nunca gostei!). Não é perfeito, mas está ótimo para a idade dele!

    ResponderExcluir

Deixe um recado, opinião ou sugestão, suas palavras são muito bem-vindas! Eu leio tudo! Prefiro responder por email, pois é mais rápido. Siga-me também pelo Facebook. Volte sempre!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Posts mais recentes: