sábado, 27 de fevereiro de 2010

Yannick Noah

Aqui em casa só tem dado ele. Toca no rádio do dia até a noite; no carro também. E como se não bastasse, ainda vemos a gravação do último show (da tourné de 2007) diversas vezes. Eu só espero que ele lance um novo disco logo, caso contrário eu corro o risco de enjoar todas as músicas. Aliás, fazia muito tempo que eu não sabia de cor todas as músicas de um mesmo artista – pelo menos descobri que sei todas as que ele canta no show.
Por que tanta fixação?
Aposto que vocês nunca ouviram falar nele, não é?
Bom, para começar, ele parece ser uma simpatia – se ele é assim ao vivo, em carne e osso, deve ser uma pessoa muito iluminada, como se costuma dizer. Sempre sorrindo, quase sempre de pés descalços, anda no meio do público, dança junto e parece se divertir mais do que todos no show. Mas esse é um fator extra: há muitos cantores antipáticos que fazem boa música, não é verdade? Ocorre que as músicas dele são incomparáveis. Pode ter melhor, ou pior, mas igual eu nunca vi (apresentem-me, please!). Todas as letras têm alguma mensagem, ou seja, têm conteúdo. Tocar o CD do Yannick de manhã cedo, antes de sair para o trabalho, ainda durante o café da manhã, é imprescindível para levantar o astral.
Conheci-o por acaso, vendo alguns shows dos Enfoirés – concertos beneficentes que ocorrem durante o inverno, na França, e reúnem diversos artistas. Só esse tema já renderia um novo post. Quando eu não tinha mais músicas e concertos dos Enfoirés para adquirir, comecei a pesquisar sobre alguns artistas. Do Yannick, baixei alguns clipes para ver uma amostra. Foi amor à primeira vista! Os clipes são belíssimos e as músicas são apaixonantes (eu já disse isso?). Daí para ter quase todos os cds dele foi só um pulinho. E quanto mais ouvimos, mais queremos ouvir!
Yannick Noah nasceu em 1960, em Sedan, na França, e segundo a wikipedia,
“é um ex-tenista francês vencedor em 1983 do Torneio de Roland-Garros. Reconverteu-se em treinador após sua carreira de jogador, tendo sido capitão da equipe francesa de tênis da Copa Davis, e segue desde 2002 uma carreira de cantor desencadeada desde 1991 com a canção Saga Africa. Noah é membro do International Tennis Hall of Fame desde 2005.”

Como exemplo, cito um pedacinho de algumas de suas músicas – tradução livre:

Ose, redonne à ta vie sa vraie valeur/ ouse, dê a tua vida o verdadeiro valor
Ose, redonne à ce monde toutes ses couleurs/ ouse, dê ao mundo todas suas cores

Un jour, un jour tu verras/um dia tu verás
La noblesse au coeur d'un combat/a nobreza de um coração combatente
Un jour enfin tu comprendras/um dia enfim compreenderás
Les forces qui sommeillent en toi/as forças que repousam em ti
Ce jour comme une évidence/nesse dia, como algo evidente
Sans gêne et sans violence/sem distúrbio e sem violência
La réponse à tant de pourquoi/virá a resposta a tantas perguntas
La noblesse au coeur d'un combat/a nobreza de um coração combatente
Le combat n'est pas la guerre/o combate não é a guerra
Bien plus noble que ça/é bem mais nobre do que isso
Le combat n'est pas la guerre/o combate não é a guerra
Bien plus humain que ça/é bem mais humano do que isso.

La vie nous donne c’est presque rien,/a vida nos dá quase nada
De l'air, de la force, du temps sans fin/o ar, a força, o tempo infinito
Et puis, tout ça nous manque,/e depois, tudo isso nos faz falta
C'est là qu'on comprend,/é aí que compreendemos
La vie nous donne,/a vida nos dá
Elle nous donne et elle nous reprend/ ela dá e retoma

c'est pas demain c'est pas là-bas/não é amanhã, não é lá
c'est là, là notre vie est là/é aqui, nossa vida é aqui mesmo
un geste un mot un premier pas/um gesto, uma palavra, um primeiro passo
voilà et le reste viendra/E então o resto virá

Te quiero, te quiero, /Te quiero, te quiero,
dit mon coeur à mon corps/diz meu coração a meu corpo
Te quiero, c’est je t’aime,/Te quiero é igual a eu te amo,
Mais juste un peu plus fort/mas um pouco mais forte

Donne-moi une vie/dê-me uma vida
Un espoir une envie/uma esperança, uma vontade
Donne-moi une vie/dê-me uma vida
Quelque chose à perdre aussi/e qualquer coisa para perder
Donne-moi au moins le début/dê-me ao menos o início
D’un possible infini/de um possível infinito
Donne-moi mieux/dê-me coisa melhor
Qu’un jour de plus, de plus à tenir/que um dia a mais, ou mais bens
Quelque chose à remplir/qualquer coisa para realizar
Que me fera vieillir/que me fará envelhecer
Un avenir, un avenir/um amanhã, um amanhã

Quem quiser ver mais, procure um vídeo no youtube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um recado, opinião ou sugestão, suas palavras são muito bem-vindas! Eu leio tudo! Prefiro responder por email, pois é mais rápido. Siga-me também pelo Facebook. Volte sempre!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Posts mais recentes: