quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Lagoa dos Barros





Toda vez em que vou ou volto da praia, avisto a Lagoa dos Barros. Às vezes, as águas estão claras, como hoje, e outras vezes, as águas estão meio barrentas. É um local muito ventoso. E eu sempre reduzo a velocidade por ali e fico atenta, pois uma vez quase atropelei uma tartaruga.

Hoje eu estava no carona e me lembrei de tirar a foto acima. A lagoa fica entre Santo Antônio da Patrulha e Osório. Ao fundo, você vê o parque eólico de Osório - eu já disse que lá venta muito?

O comentário que eu ouço sempre é que essa lagoa é amaldiçoada. Há pouco tempo descobri que há uma praia lá, boa para banho (preciso explorar isso). Então hoje resolvi pesquisar as lendas e vim aqui dividir com vocês.
Mas, entre todas as lendas envolvendo a Lagoa dos Barros com certeza a mais difundida e também macabra nasceu de um fato verídico. O famoso assassinato que movimentou Porto Alegre em 1940, quando o noivo da jovem Maria Luiza matou-a e jogou seu corpo na lagoa amarrado a uma pedra. Moradores dizem que já encontraram uma mulher de branco à noite perto da lagoa. Quando foram em sua direção, um vento fortíssimo começou a sacudir as árvores chegando a arrancar pedaços do solo. De repente, a figura sumiu sem deixar vestígio. Outra história sobre a mulher de branco surgiu em 1958, quando dois caminhoneiros a viram andando na beira da estrada que margeava a Lagoa dos Barros, à noite. Estranhando encontrar uma mulher sozinha àquela hora eles pararam para investigar, mas a figura desapareceu. As histórias sobre visões da mulher de branco que perambula pela lagoa a procura do seu noivo-assassino continuam se repetindo até hoje, às vezes assustando muitas pessoas.

A Lagoa dos Barros também tem histórias sobre um barco todo iluminado, que surge do nada nas noites mais escuras, e, da estranha aparição de dois misteriosos padres em suas margens. Essas lendas são bastante conhecidas pelos habitantes da região e visitantes mais assíduos. Independente de verdade ou mero causo estas histórias aumentam a curiosidade das pessoas e dão um toque de magia a Lagoa que é um dos lugares mais interessantes do Brasil.Fonte

Sobre as lendas:

"As histórias talvez fossem exageradas, mas a verdade é que nenhum pescador se aventurava até o centro da lagoa com medo de jamais retornar vivo. No entanto, os relatos sobre fantasmas e criaturas estranhas vêm de um tempo bem anterior. Sabe-se que a região já estava ocupada antes de 1773, pois era um ponto estratégico para proteger as fronteiras da província e para criar gado. Contos fantásticos, de data e origem desconhecida, falam sobre ninfas deslizando pelas lagoas, montadas em corcéis brancos carregados pelo vento. Outra lenda bem persistente, segundo o historiador Guido Muri, refere-se à suposta existência de uma cidade submersa no centro da Lagoa dos Barros. Em tempos de estiagem seria possível ver o topo dos prédios mais altos e, em algumas ocasiões, ouvir o sino da igreja tocando. Não se tem qualquer notícia da existência de uma cidade do gênero nas proximidades, quanto mais em meio às águas. Sabe-se que as lagoas foram formadas há cerca de 5 mil anos, de modo que qualquer construção dentro da lagoa teria de ser anterior a essa época."** (**) jornalista Gilberto SchoerederFonte

Um comentário:

Deixe um recado, opinião ou sugestão, suas palavras são muito bem-vindas! Eu leio tudo! Prefiro responder por email, pois é mais rápido. Siga-me também pelo Facebook. Volte sempre!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Posts mais recentes: